Manaus, quarta-feira 10 de agosto de 2022
EnglishPortugueseSpanish
EnglishPortugueseSpanish
booked.net
EnglishPortugueseSpanish

Exame comprova que restos mortais encontrados na Amazônia são de Bruno Pereira, afirma PF

EnglishPortugueseSpanish
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Foto: TV Globo/Reprodução

*Victória Cavalcante – Dia a Dia Notícia

Neste sábado (18), a Polícia Federal (PF) confirmou que parte dos restos mortais encontrados no Vale do Javari, no Amazonas, são do indigenista brasileiro Bruno Pereira. Na sexta-feira (17), já havia confirmação da identificação do jornalista inglês Dom Phillips, ambos desaparecidos no dia 05 de junho, na Amazônia.

Os restos mortais foram identificados em perícia no Instituto Nacional de Criminalística (INC), em Brasília, através dos exames de arcada dentária e impressão digital.

Além disso, o exame médico-legal esclareceu a dinâmica das mortes. De acordo com a PF, as vítimas foram atingidas por disparos de armas de fogo com munição típica de caça, com múltiplos balins, causando diversas lesões internas.

O jornalista inglês foi atingido por um tiro na região do abdômen e morreu em decorrência de traumatismo toracoabdominal. Já no corpo do indigenista foram identificados três disparos, sendo dois na altura do tórax e abdômen, e outro na cabeça. Os peritos concluíram que a morte do indigenista foi causada por traumatismo toracoabdominal e craniano por disparos de arma de fogo.

“Os trabalhos dos peritos do Instituto Nacional de Criminalística, nos próximos dias, serão concentrados nos exames de Genética Forense, Antropologia Forense e métodos complementares de Medicina Legal, para identificação completa dos remanescentes e compreensão da dinâmica dos eventos”, informou a PF.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Entre no nosso Grupo no WhatsApp

Antes de ir, que tal se atualizar com as notícias mais importantes do dia? Acesse o WhatsApp do Portal Dia a Dia Notícia e acompanhe o que está acontecendo no Amazonas e no mundo com apenas um clique