Manaus, quarta-feira 10 de agosto de 2022
EnglishPortugueseSpanish
EnglishPortugueseSpanish
booked.net
EnglishPortugueseSpanish

Observatório BR-319 diz que licenciamento de obras viola ‘direitos dos povos da floresta’

EnglishPortugueseSpanish
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Fotos: Orlando K. Jr./FAS

*Da redação Dia a Dia Notícia

Observatório BR-319 se pronunciou, na última quinta-feira (28), após liberação de Licença Prévia para obras na rodovia entre os quilômetros 250 e 655,7, que foi expedida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Segundo o observatório, por falta de aviso prévio, a PL irá impactar as comunidades mais vulneráveis: indígenas, ribeirinhos e extrativistas.

De acordo com Fernanda Meirelles, secretária executiva do Observatorio BR-319, a LP coloca em risco o processo jurídico e tem intenções eleitorais e políticas.

“Salta aos olhos a violação dos direitos dos povos da floresta no processo de licenciamento das obras da BR-319. A gestão pública não pode cometer os mesmos erros do passado, na década de 1970, e ignorar indígenas e comunidades tradicionais. Isso coloca em risco o bom andamento do processo e abre brechas para judicializações e mais atrasos”, ressaltou Meirelles.

Em seu Twitter, o presidente Jair Bolsonaro comemorou a Licença  Prévia.

“Os brasileiros já haviam se acostumado com carros e caminhões atolando na BR-319, que liga Porto Velho-RO a Manaus-AM. Esse tempo, felizmente, está chegando ao fim. O Ibama deu licença prévia à nossa iniciativa de asfaltar os 405 km restantes da rodovia, abandonados há 30 anos!”, afirmou Bolsonaro.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Entre no nosso Grupo no WhatsApp

Antes de ir, que tal se atualizar com as notícias mais importantes do dia? Acesse o WhatsApp do Portal Dia a Dia Notícia e acompanhe o que está acontecendo no Amazonas e no mundo com apenas um clique