booked.net

Maracujá como estratégia antioxidante na prevenção de doenças

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print

O maracujá é uma delícia! Essa fruta é uma das mais produzidas no Brasil, e é repleta de benefícios. Além de ser um calmante natural, a polpa da fruta é rica em vitaminas do complexo B, A e C, responsáveis entre outras coisas pela manutenção de nossa saúde mental e emocional.

Você já deve ter ouvido falar no potencial calmante do maracujá-alimento que ajuda a tranquilizar a mente e tratar problemas como a insônia, por exemplo. Só que muitas pessoas não sabem que essa fruta também traz uma série de benefícios para saúde, pois é rica em vitaminas, minerais e outras substâncias importantes para o organismo. Quer saber mais sobre os benefícios do maracujá?

Fruta é rica em antioxidantes

Um dos principais benefícios do maracujá é o fato de ele ser rico em substâncias antioxidantes, que impedem a atuação dos radicais livres, combatendo o envelhecimento e a degeneração celular e também evitam o surgimento de tumores. O maracujá é rico em vitamina C, que fortalece o sistema imunológico e auxilia no funcionamento do corpo como todo.

Por ser fonte de vitamina A, maracujá melhora a saúde dos olhos.

Você sabia que o maracujá também é fonte de vitamina A? Essa substância é conhecida por auxiliar na saúde dos olhos, pois protege a córnea e evita problemas relacionados à visão. A deficiência dessa vitamina pode ocasionar a cegueira noturna, que consiste na dificuldade de enxergar em ambientes escuros. Mas além disso, a vitamina A também atua como importante antioxidante, é importante para a saúde dos ossos e do sistema nervoso.

Fruta é rica em fibras, auxiliando na digestão.

Outro ponto positivo do maracujá é que ele é uma fonte importante de fibras, que auxiliam no processo de digestão. As fibras solúveis, em especial, são as mais encontradas na fruta. Elas conseguem se misturar à água, formando um gel viscoso e mais volumoso no estômago. Por isso, elas prolongam a sensação de saciedade e são ótimas para quem precisa perder peso. As fibras também ajudam a reduzir o colesterol ruim e contribuem para o funcionamento do sistema digestório.

Maracujá é fonte de minerais importantes para a estrutura óssea

Para fortalecer a estrutura óssea do corpo, o maracujá também é muito indicado. Ele é fonte de minerais importantes, como o cálcio, ferro, magnésio, cobre e fósforo. Eles ajudam a manter os ossos bem fortalecidos e protegidos. Mas além disso, os minerais são importantes para os sistemas imunológico, cardiovascular, evitam problemas como a anemia (em especial, com a ajuda do ferro) e também concedem energia para o corpo.

Sementes de maracujá fazem bem para a saúde

Ao contrário do que muita gente pensa, as sementes de maracujá não são maléficas ao organismo. Na verdade, elas são fontes importantes de antioxidantes -em especial, o piceatannol, um composto químico que atua como antioxidante, prevenindo o câncer e doenças degenerativas. Além disso, as sementes dessa fruta também são ricas em fibras -que, como já citamos, auxiliam no processo de digestão.

Maracujá ajuda a regular a pressão sanguínea

Para quem sofre com problemas de pressão, o maracujá também pode ser um grande aliado. Ele é fonte do mineral potássio, que se destaca por auxiliar no processo de contração muscular e, sendo assim, também ajuda a manter o ritmo de circulação sanguínea. Por isso, o maracujá é considerado um ótimo alimento para a saúde do coração.

*Por Anny Melo. Nutricionista

CRN 5616 AM. Formada pela Uninorte/ AM.
Pós-Graduada em nutrição clínica e terapia nutricional – Ganep/ SP; Pós-Graduada em prescrição de fitoterápicos e suplementos clínico e esportivos – Estácio/ SP; Pós-Graduada em nutrição pediátrica com ênfase em materno infantil Estácio/SP; Pós-Graduada em Docência – Nilton Lins/ AM.
Mestranda em nutrição e dietética – Funiber; Membro da Ambo – Associação médica brasileira de prática ortomolecular.
Também professora do curso de pós-graduação em nutrição funcional da Estácio e Fametro com as disciplinas de distúrbios no trato gastrointestinal com ênfase no tratamento dietoterápico, nutrição materno infantil, nutrição geriátrica, dietoterapia 2 e 3, interação droga e nutriente e nutrição e estética.

 

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print

Siga-nos no Facebook

Publicidade

Últimas Notícias