booked.net

La Niña deve manter volume de chuva alto até o próximo ano na Região Norte

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print
MANAUS, AM; 21/02/2013 - CIDADES - CHUVA FORTE COM VENTO CAI SOBRE A CIDADE. FOTOS: ANTONIO LIMA / ACRÍTICA.

O fenômeno conhecido com La Niña deve aumentar o volume de chuvas nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, enquanto provoca estiagem no Sul do país segundo estão prevendo os meteorologistas. O fenômeno tem causado desde outubro uma onda de frio sobre cidades como o Rio de Janeiro.

O fenômeno La Niña é caracterizado pela queda de mais de 0,5º C na temperatura da superfície do Oceano Pacífico. Segundo a Administração Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (NOAA, na sigla em inglês), essa condição climática deve ter impacto no Brasil pelo menos até o fim do verão, mas há 50% de chances que vá até o fim do outono, em junho.

Segundo o especialista Giovanni Dolif, do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), o impacto do fenômeno na baixa dos reservatórios de hidrelétricas e barragens para a captação de água deve durar anos.

“A seca dos reservatórios não é fruto apenas de um verão e um inverno com pouca chuva. Estudos do Cemaden mostram que nas últimas duas décadas tivemos um comportamento de chuvas diferente do registrado em anos anteriores, compatível com um planeta mais aquecido”.

O fenômeno inverso ao La Niña é o El Nino que provoca o aquecimento das águas o pacífico.

Como fica o tempo para os próximos dias?

A chuva será persistente na região norte do país. Devido às áreas de instabilidade que estão se formando em vários níveis da atmosfera, nesta terça-feira (23), a nebulosidade se espalha e chove em vários períodos do dia sobre o Amazonas (norte), Roraima (sul) e Rondônia (centro-sul). No Tocantins, a chuva acontece de forma alternada, com períodos de sol e propensão há trovoadas.

Na capital Macapá/AP, Pará e Acre, o sol aparece e as pancada de chuvas acontecem no período da tarde. A instabilidade continuará pelos próximos dias por toda a região norte do país.

Alerta para chuva pesada e volumosa no estado do Amapá, ocorrendo entre a quarta-feira (24) e sexta-feira (26), com acúmulos altos que podem alcançar mais de 150mm.

*Fontes: Notícias ao Minuto e Climatempo.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print

Siga-nos no Facebook

Publicidade

Últimas Notícias