booked.net

Jeans: a peça mais democrática do guarda-roupas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print

Posso confirmar sem medo de errar que o jeans é a peça mais queridinha do guarda-roupa moderno. Superversátil e confortável transita muito bem por vários ambientes, inclusive no trabalho. Mas é preciso ter atenção. Analisar com calma, a situação, ambiente e a própria peça de roupa é fundamental para não errar na imagem que você deseja transmitir.

A calça jeans surgiu como roupa de trabalho, em 1837, e era usada por mineradores do oeste americano. Sendo assim foi uma peça que nunca elevou seu status para sofisticado e elegante. Isso quer dizer que estar de jeans sempre será relacionado a despojado e casual. Não importa o modelo. Estará sempre no mood básico, saiu do lugar de uniforme para uma peça coringa, versátil, porém sem refinamento.

Se você tem um trabalho formal, que exige de você um refinamento e elegância sugiro abrir mão do conforto do jeans. Mas calma, longe de mim sugerir que você passe desconforto. Pelo contrário opte por tecidos mais finos e caimentos estruturados, como a alfaiataria, por exemplo. Confortável e elegante! Já o trabalho é mais informal, então o jeans está liberado, porém, claro com algumas ressalvas: nada de jeans rasgado, com lavagem muito clara, ou, cintura baixa. Afinal de contas, mesmo sendo informal, é necessário o bom senso.

Existe um movimento chamado “casual Friday”, no qual algumas empresas mais tradicionais liberam seus funcionários para usar looks mais despojados. Nesse caso o jeans também é muito bem-vindo. Se você é daquelas pessoas que não vive sem um bom jeans, mas nunca pensou sobre essa mensagem de casualidade que sua imagem pode estar transmitindo, no ambiente de trabalho, é hora de ficar atento.

Para locais de trabalho superinformal que você sente a necessidade de demonstrar uma imagem mais elegante, também pode ser hora de usar outros códigos de vestimenta. O ser humano é a única espécie no mundo que atribui significado às coisas, estamos o tempo todo comunicando algo.

 

Deixo você com uma reflexão: Será que na hora de fechar um negócio, com cliente, fornecedor ou até mesmo seu chefe, aquele pedido de desconto (indesejado) surge porque sua imagem não está alinhada com o valor do seu produto / serviço? Será que sua comunicação não verbal, a sua imagem pessoal, está despojada demais?

Ps: rapazes tenham sempre atenção na barra da calça jeans, na qualidade da peça e na lavagem (cor).
Agora vou deixar umas sugestões de looks com jeans para inspirar a semana!

Por Jéssica Zany

Formada em Designer de Moda com especialização em Consultoria de Imagem Pessoal pelo Centro Europeu, em Curitiba. Já atuou em grandes marcas como RCHLO e BO.BÔ. Atualmente, ministra workshops e oferece consultoria, on-line e presencial, personalizada para pessoas que buscam transformar sua imagem pessoal na sua melhor forma de expressão.

“Moda é uma forma de expressão e identidade. E a imagem pessoal é um canal de comunicação não verbal, que abre portas. As pessoas se vestem para serem ouvidas e não vistas”.

  • Facebook: Jéssica Zany
  • Instagram: @jessicazany

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print

Siga-nos no Facebook

Publicidade

Últimas Notícias