booked.net

Evento artístico internacional sobre mudanças climáticas acontece em Manaus até o sábado (27)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print

O Casarão da Inovação Cassina, administrado pela Prefeitura de Manaus, vai sediar, desta terça-feira (23) ao sábado (27), o evento “Climate Story Lab Amazônia”, a fim de apoiar a promoção de espaços de discussão de temáticas voltadas para as mudanças climáticas.

O evento, realizado no formato híbrido, será promovido pela Doc Society, em correalização com o “Matapi”, plataforma criada para impulsionar o audiovisual da região Norte do Brasil, e o “Hackeo Cultural”, organização dedicada à construção de narrativas em defesa da vida.

A ideia é criar pontes entre ações já existentes no território amazônico, como força política e de resistência cultural, para descolonizar olhares e práticas.

“A urgência do debate das mudanças climáticas traz consigo a urgência da comunicação com a sociedade como um todo. Dado os contextos políticos da América Latina e a crise de representatividade nos espaços de poder, queremos impulsionar projetos com potencial de impacto social, a fim de gerar compromisso com ações que contribuam para mudanças nas nossas práticas de vida e consumo”, defende Rodrigo Antonio, realizador e pesquisador paraense, organizador e anfitrião do evento.

Focado no protagonismo e nas vozes indígenas que habitam a região amazônica, será realizado, pela primeira vez, na América Latina. O encontro é dedicado à construção de narrativas artísticas, para pulverizar informações sobre a urgência de se discutir as mudanças climáticas globais, e reunirá representantes de sete projetos artísticos, que abordam as mudanças climáticas e defesa do território dos povos originários, comunidades ribeirinhas e quilombolas.

Os projetos são: “Uyra – A Retomada da Floresta” (Brasil), “Rádio Savia” (Colômbia e México), “Quentura” (Brasil), “Teles Pires: o rio mais impactado por hidrelétricas na Amazônia” (Brasil), “Série jornalística – Sabedores e memórias da Amazônia em risco de crise climática e pandêmica” (Colômbia  e Equador), “Imagine2030” (Brasil) e Autodemarcação e Fiscalização da TI Sawré Muybu (Brasil).

“É um evento dedicado a projetos de audiovisual, que tenham potencial de impacto social, então ficaremos durante esses cinco dias trabalhando nessas iniciativas, engajando pessoas, e fazendo com que investidores também possam ver esses projetos e, assim, criar uma rede de conexão”, explicou um dos produtores do evento, Carlos Barbosa.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print

Siga-nos no Facebook

Publicidade

Últimas Notícias