booked.net

Após problemas com bilhetagem e descumprimento de ordem judicial, TJAM bloqueia R$ 3 milhões do Sinetram

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Foto: Reprodução/Internet

*Da Redação Dia a Dia Notícia

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) descumpriu uma ordem judicial que proibia a substituição do sistema de bilhetagem em Manaus e, nesta quarta-feira (22), teve o bloqueio de R$ 3 milhões determinado pelo Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM).

A decisão foi feita pela juíza Maria Eunice Torres do Nascimento, titular da 9.ª Vara Cível e de Acidentes de Trabalho da Comarca de Manaus, que ainda determinou a prisão do presidente do Sinetram, por crime de desobediência, previsto no art. 330 do Código Penal Brasileiro.

O sindicato foi intimado, em prazo de 24 horas, a cumprir a decisão anterior, sob pena de multa majorada para R$ 1,5 milhão, até o limite de cinco dias.

No início  desta semana, o novo sistema de bilhetagem de cartões, que estão instalados nas catracas dos ônibus urbanos de Manaus apresentaram falhas. Alguns usuários afirmaram que seus cartões apresentavam problemas e descontando o dobro do valor da passagem.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Entre no nosso Grupo no WhatsApp

Antes de ir, que tal se atualizar com as notícias mais importantes do dia? Acesse o WhatsApp do Portal Dia a Dia Notícia e acompanhe o que está acontecendo no Amazonas e no mundo com apenas um clique