Manaus, quarta-feira 10 de agosto de 2022
EnglishPortugueseSpanish
EnglishPortugueseSpanish
booked.net
EnglishPortugueseSpanish

Um dos maiores humoristas, artista e apresentador do país, Jô Soares, morre aos 84 anos

EnglishPortugueseSpanish
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Foto: Reprodução

*Da Redação do Dia a Dia Notícia

Jô Soares morreu na madrugada desta sexta-feira (5), em São Paulo.  O humorista, jornalista, ator e escritor, estava desde 28 de julho internado no Hospital Sírio-Libanês, na grande São Paulo, onde deu entrada com pneumonia, mas a causa da morte não foi divulgada.

Em nota, a assessoria do apresentador, em parceria com o hospital relatou que o jornalista era acompanhado por equipes do corpo clínico da instituição. “O paciente Jô Soares faleceu na data de hoje, 05 de agosto, às 2h20, no Sírio-Libanês. em São Paulo. Ele estava internado desde o dia 28 de julho no hospital, onde era acompanhado pelas equipes do corpo clínico da instituição”, relatou em nota.

Flávia Pedra, ex-mulher de Jô, informou o falecimento do humorista, que foi e confirmado em nota da assessoria de imprensa do Sírio-Libanês.

“Você é orgulho pra todo mundo que compartilhou de alguma forma a vida com você. Agradeço aos senhores Tempo e Espaço, por terem me dado a sorte de deixar nossas vidas se cruzarem. Obrigada pelas risadas de dar asma, por nossas casas do meu jeito, pelas viagens aos lugares mais chiques e mais mequetrefes, pela quantidade de filmes, que você achava uma sorte eu não lembrar pra ver de novo, e pela quantidade indecente de sorvete que a gente tomou assistindo”.

O velório e enterro não tiveram suas datas e horários revelados, e serão reservados à família e amigos de Jô.

Uma grande perda para o humor e para televisão

Jô Soares (Foto: Reprodução/Instagram)

Jô Soares sempre utilizou o humor como sua ferramenta principal em todas as suas atividades, como jornalista, apresentador, ator, escritor, diretor, roteirista, pintor. “Tudo o que fiz, tudo o que faço, sempre tem como base o humor. Desde que nasci, desde sempre”, relatou em depoimento ao site Globo.

Além disso, o humorista foi considerado pioneiro do stand-up, formato de comédia em pé e de cara limpa. Ele também participou de programas de TV, como “A família Trapo” (1966), “Planeta dos homens” (1977) e “Viva o Gordo” (1981). Também atuou em 22 filmes.

O humorista encerrou sua carreira na TV após o celebrado “Programa do Jô”, encerrado em 2016.

 

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Entre no nosso Grupo no WhatsApp

Antes de ir, que tal se atualizar com as notícias mais importantes do dia? Acesse o WhatsApp do Portal Dia a Dia Notícia e acompanhe o que está acontecendo no Amazonas e no mundo com apenas um clique