booked.net

Teatro Amazonas abre agendamentos para visitações na segunda quinzena de setembro

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print
Foto: Michael Dantas

A programação do Teatro Amazonas para a segunda quinzena do mês de setembro destaca apresentações dos Corpos Artísticos do Estado e estreia de espetáculo do Grupo Experimental de Teatro do Liceu. Os eventos têm acesso gratuito, em sua maioria, e o agendamento pode ser feito no Portal da Cultura (cultura.am.gov.br) e no site Teatro Amazonas (teatroamazonas.com.br), a partir das 14h desta terça-feira (14).

De acordo com o Decreto n° 44.542, do Governo do Estado, o público deve apresentar a carteira de vacinação na entrada. O espaço cultural está funcionando com 75% da capacidade do salão de espetáculos, e os assentos na plateia e nas frisas são intercalados para manter o distanciamento.

O patrimônio histórico passou por sanitização e também adotou os protocolos de segurança contra a Covid-19, como o uso obrigatório de máscara, aferição de temperatura e álcool em gel em pontos estratégicos.

 

Confira a agenda:

Quinta-feira (16/09), às 20h
A Amazonas Filarmônica sobe ao palco do Teatro Amazonas, com o concerto de “Brahms, Serenata n.1” e as obras dos compositores Johannes Brahms e Antonín Dvorák adaptadas para noneto. A apresentação vai contar com os músicos Tatiana Gerassimova (flauta), Hristo Ganev (oboé), Vadim Ivanov (clarinete), Alexandre Mourzitch (fagote), Assen Anguelov (trompa), Nikolay Mutafchiev (violino), Vladimir Rusev (viola), Adriana Velikova (violoncelo) e Miroslava Krastanova (contrabaixo).

Sexta-feira (17/09), às 20h
O Grupo Experimental de Teatro do Claudio Santoro apresenta “Corpo/Sentimento: Bombardeio de 1910”, que narra a história do dia 8 de outubro de 1910, quando Manaus sofreu um bombardeio de tropas federais. O trabalho é desenvolvido por meio da construção corpórea das personagens interpretadas pelos atores e atrizes, que exploram sentimentos com expressões e sonoridades ao demonstrar a realidade do fato histórico.

Sábado (18/09), às 20h, e domingo (19/09), às 19h
O espetáculo de dança “O Sagrado Feminino” traz, como plano principal, a mulher negra, consagrando cada momento como processo de evolução e interpretados a partir da dança moderna e neoclássica em conjunto com tambores africanos. Os ingressos estão à venda por R$ 100 (inteira) para plateia e frisas, e R$ 80 (inteira) para 1°, 2° e 3° pavimentos.

Dia 21/09 (terça-feira), às 20h
Com o espetáculo “Dançando Nossos Compositores”, o Balé Folclórico do Amazonas faz um resgate de lembranças do povo amazonense, com composições de artistas locais que descrevem de forma lírica, o sentimento, a audácia, o caráter e o temperamento do nosso povo. Entre os compositores, estão confirmadas obras de Celdo Braga, Arnaldo Rabello e Armando de Paula.

Dia 23/09 (quinta-feira), às 20h
Em comemoração ao aniversário de 50 anos da TV Encontro das Águas, a Amazonas Filarmônica, com regência de Luiz Fernando Malheiro, apresenta o concerto “Masques et Bergamasques/Schubert, Sinfonia 3”, com as obras “Masques et Bergamasques”, do compositor Gabriel Fauré (1919), e “Sinfonia n.3 em ré maior”, de Franz Schubert (1815).

Dia 26/09 (domingo), às 19h
A Orquestra de Câmara do Amazonas, o Coral do Amazonas e o Corpo de Dança do Amazonas comandam mais uma noite de comemoração ao aniversário de 50 anos da TV Encontro das Águas, com repertório composto por nomes como Mozart, Vivaldi e Tchaikovsky.

Dia 28/09 (terça-feira), às 20h
A Orquestra de Violões do Amazonas entra em cena com o show “Encontro das Águas”, que conta com a participação do Balé Folclórico do Amazonas, também para celebrar o aniversário de 50 anos da TV Encontro das Águas. A proposta traz a mistura e o encontro da música e dança numa alusão ao Rio Negro e o Rio Solimões. Entre as composições estão “Igapó”, de Sebastião Tapajós, e “Balé das Folhas”, de Clénio Diniz.

Dia 30/09 (quinta-feira), às 20h
A Amazonas Filarmônica apresenta o concerto “Mendelssohn, Sinfonia n.4 ‘Italiana’”, com regência do maestro Marcelo de Jesus. O repertório conta com a obra “As bodas de Fígaro” (1786), do maestro austríaco Wolfgang Amadeus Mozart, e a “Sinfonia n.4 em lá maior (1833)”, de Felix Mendelssohn.

*Com informações da Assessoria de Imprensa

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print

Siga-nos no Facebook

Publicidade

Últimas Notícias