Search
booked.net

Nos EUA, pastor-alemão é o primeiro cachorro a ter diagnóstico oficial de coronavírus

Um pastor-alemão é o primeiro diagnóstico oficial de cachorro com coronavírus nos EUA, de acordo com as autoridades do Departamento de Agricultura do país norte-americano. Os Estados Unidos atualmente lideram o número de casos e mortes pela Covid-19 no planeta.

“Um dos donos do cachorro teve resultado positivo em um teste da covid-19 [doença causada pelo coronavírus], e outro mostrou sintomas consistentes do vírus antes do cachorro. A expectativa é de que o cão se recuperará completamente”, diz a nota.

Os especialistas ressaltam que, até o momento, não há informação sobre risco de transmissão do coronavírus de animais domésticos para seres humanos. Mas os agentes dos EUA avisam que o conhecimento sobre o vírus ainda é limitado.

Outro caso de cachorro com coronavírus teria sido um pug na Carolina do Norte, nos Estados Unidos. O cachorro teria testado positivo em abril, mas a informação não foi confirmada pelo CDC (Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos). O órgão reiterou que “não há evidências de que animais de estimação tenham um papel na disseminação do vírus”.

Na China, no começo da pandemia, dois cachorros em Hong Kong testaram positivo para o coronavírus. Porém, pela baixa quantidade de vírus encontrada, os especialistas acreditam que os cães não estavam realmente contaminados e apenas carregavam o vírus no pelo.

Entre no nosso Grupo no WhatsApp

Antes de ir, que tal se atualizar com as notícias mais importantes do dia? Acesse o WhatsApp do Portal Dia a Dia Notícia e acompanhe o que está acontecendo no Amazonas e no mundo com apenas um clique

Você pode escolher qualquer um dos grupos, se um grupo tiver cheio, escolha outro grupo.