booked.net

Juíza que negou aborto para menina estuprada deixa caso após ser promovida em SC

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

*Da Redação Dia a Dia Notícia 

Cinco dias antes da denúncia sobre uma menina de 11 anos, grávida após um estupro, que teria sido impedida de interromper a gestação ganhar repercussão, a juiza Joana Ribeiro, responsável pelo caso, foi promovida para a comarca de Brusque. Devido à mudança de comarca, a juíza deixou o caso.

 

A conduta da juíza está sendo investigada pela Corregedoria-Geral da Justiça. O órgão do Tribunal de Justiça instaurou na segunda-feira (20) um pedido de providências na esfera administrativa para apurar a denúncia sobre a decisão da uma juíza catarinense.

 

Relembre o caso

O caso envolvendo a juíza ganhou repercussão após a denúncia feita pelos sites The Intercept e o Portal Catarinas. Segundo a publicação, a menina e a mãe descobriram a gravidez após realizar um teste de farmácia quando ela estava com 22 semanas e dois dias. Após descobrir a gravidez, a mãe da criança, que na época estava com 10 anos, a levou até o hospital para realizar o aborto. No entanto, a equipe médica teria se recusado a realizar o procedimento devido às normas do hospital. A partir dessa negativa, a família entrou na Justiça e o caso foi repassado para a juíza Joana Ribeiro Zimmer.

 

Em um vídeo divulgado pelo The Intercept e o Portal Catarinas, que seria de uma conversa com a criança, a juíza pergunta se ela conseguiria manter a gravidez por “uma ou duas semanas” e se ela “suportaria ficar mais um pouquinho?” com o bebê. No vídeo, a promotora Mirela Dutra Alberton, do Ministério Público de Santa Catarina, também aparece falando para a menina sobre manter a gravidez. A situação seria para que o feto tivesse mais condições de sobreviver e ganhar uma família adotiva. A menina, nessa segunda-feira (20), está com 29 semanas de gravidez.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Entre no nosso Grupo no WhatsApp

Antes de ir, que tal se atualizar com as notícias mais importantes do dia? Acesse o WhatsApp do Portal Dia a Dia Notícia e acompanhe o que está acontecendo no Amazonas e no mundo com apenas um clique