booked.net

Governo do Amazonas lança operação Arena 33 para jogo entre Brasil e Uruguai

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) lança, nesta sexta-feira (8), a operação Arena 33, com todo o esquema de segurança e trânsito montado para atender as necessidades de antes, durante e depois do jogo entre Brasil e Uruguai, que acontece no dia 14 de outubro, na Arena da Amazônia, válido pela 12ª rodada das eliminatórias da Copa do Mundo Fifa Catar 2022.

Já nesta sexta-feira, o Sistema Integrado de Comando e Controle (SICC) começa a funcionar com 1.500 agentes de órgãos de segurança estaduais, municipais e federais, em sobreaviso, para possíveis ocorrências. A partir da próxima segunda-feira (11), com a chegada das delegações na capital, o SICC começa a funcionar de maneira presencial.

“A nossa preocupação não será só na área do estádio, nós teremos também em toda a capital. Para que nenhum ponto fique desguarnecido com relação ao jogo. A gente sabe que as atenções estarão voltadas para o jogo, para a partida, mas nós não iremos tirar a nossa atenção de outras áreas da nossa capital”, enfatizou o secretário de Segurança Pública, general Mansur.

O SICC vai contar com algumas centrais para realizar melhor e mais rápido o monitoramento. Entre estas, a Central Integrada de Pronta Resposta, com base dentro da Arena da Amazônia e no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), no Aleixo, com agentes de unidades de operações especiais da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) e da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), aptos a atender ocorrências de grande vulto. A Central Integrada de Escolta, coordenada por agentes da Polícia Rodoviária Federal, que também vai contar com agentes do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), da PMAM e da Guarda Municipal, ficará responsável por manter a ordem nos deslocamentos das delegações e arbitragens.

A Central Integrada de Inteligência, coordenada pela Secretaria Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai), com o auxílio do Exército Brasileiro e do Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública – Regional Norte, vai acompanhar toda a operação para identificar possíveis ameaças e acionar as tropas, se necessário.

Coordenada pelo Grupo de Manejo de Artefatos Explosivos (Marte), a Central Integrada de Varreduras é a responsável por vistoriar os veículos e hotéis onde ficarão hospedadas as seleções, além de vistorias na Arena da Amazônia.

O policiamento no perímetro externo da Arena da Amazônia também terá uma atenção especial, tendo o policiamento intensificado nessas áreas, com o objetivo de combater pequenos possíveis roubos e furtos. Todo o monitoramento de segurança montado para o evento esportivo só será desmembrado na próxima sexta-feira (15/10).

Monitoramento – Seis câmeras de monitoramento no entorno, que dão visibilidade em todo o perímetro externo, além das câmeras que ficam dentro da arena, serão integradas e monitoradas pela base do Centro Integrado de Comando e Controle Local (CICC-L), que está montado na Arena da Amazônia.

A Plataforma de Observação Elevada (POE) da Secretaria Executiva-Adjunta de Planejamento e Gestão Integrada de Segurança Pública (Seagi), da SSP-AM, ficará próximo às duas entradas principais, de acesso pela avenida Constantino Nery.

Polícia Civil – As ocorrências de delitos que surgirem na área externa da arena serão encaminhadas ao 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP), que será base principal de atendimento, bem como ao 19° DIP e Delegacia Especializada em Atos Infracionais (Deaai), que serão as duas bases de apoio. As unidades policiais, que já funcionam 24h, como centrais de flagrantes, irão receber reforço policial durante o evento.

Flagrantes que possam vir a ocorrer na parte interna do local do jogo serão de responsabilidade da Delegacia de Apoio a Grandes Eventos (Dage), que será instalada nas dependências da Arena.

Polícia Militar – Antes, durante e após o evento, a Polícia Militar do Amazonas vai estar presente em pontos estratégicos, visando maior segurança a todos os participantes do evento esportivo como locais de triagem, paradas de ônibus, estacionamentos, hotéis das delegações e Centros de Treinamentos, além de cruzamentos e corredores de acesso à arena.

Serão 400 policiais de Companhias Interativas Comunitárias (Cicoms), Polícia Turística do Amazonas (Politur), Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPCães). Serão empregadas viaturas de Cicoms, da Força Tática e das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), além de motos da Rocam Motos e do Batalhão de Trânsito (BPTran) empregados na ação, além do policiamento montado, com o efetivo do Regimento de Policiamento Montado (RPMON).

Corpo de Bombeiros – Para compor o trem de socorro, o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) vai empregar cinco viaturas, dentre elas uma auto bomba tanque (ABT) para combate incêndios e salvamentos, unidade de resgate (UR) para atendimento pré-hospitalar e auto rápido (AR) para coordenação da operação.

O CBMAM destaca ainda que contará com uma equipe no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) para o atendimento e registro de ocorrências que será coordenada por um oficial superior bombeiro militar designado para o serviço de Superior de Dia, no dia 14/10.

Nos demais postos da capital, a corporação estará em prontidão redobrando a atenção quanto aos atendimentos durante o período do jogo e atendendo emergências via 193.

Trânsito – O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) vai realizar mudanças no trânsito para o jogo do Brasil x Uruguai e contará com um efetivo de 30 agentes do Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot), trabalhando de maneira integrada com o Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) nas questões relacionadas ao fluxo das vias. O Detran-AM usará todas as plataformas para a interdição das vias aos arredores do estádio.

O acesso dos agentes só será em torno do estádio, na parte externa da Arena.  Na avenida Constantino Nery só será permitido o tráfego de ônibus. As vias só serão liberadas após a dispersão do público no final do evento esportivo.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print

Siga-nos no Facebook

Publicidade

Últimas Notícias