booked.net

Escola de samba Beija-Flor nega ter dado camisa do enredo de 2022 para Bolsonaro

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print

A Beija-Flor de Nilópolis negou ter dado a camisa do enredo de 2022 para Jair Bolsonaro. Uma foto do presidente, em março deste ano, segurando a camisa com a frase “empretecer o pensamento é ouvir a voz da Beija-Flor” mexeu com sambistas, de acordo com o portal Carnavalesco.

Em nota, a escola informou que não enviou camisetas da escola a autoridades públicas e que as atividades da instituição são “exclusivamente culturais”. A Beija-Flor destacou também a tradição de respeito às lutas por igualdade e pluralidade entre os brasileiros.

“A Beija-Flor de Nilópolis informa sua legião de apaixonados que não enviou camisetas da escola de samba a autoridades públicas, uma vez que as atividades da instituição são exclusivamente culturais. Imagens com teor político não têm caráter oficial da instituição. Destacamos ainda a nossa tradição de respeito máximo às lutas por igualdade entre os brasileiros, de todas etnias e pluralidades, conforme reforçado pelo nosso enredo ‘Empretecer o pensamento é ouvir a voz da Beija-Flor’”, esclareceu a escola de samba.

No domingo, a coluna noticiou que o presidente da Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa), Jorge Perlingeiro, está se aproximando do governo federal e deseja ter Bolsonaro na Sapucaí no Carnaval de 2022. Segundo Perlingeiro, a Liesa a recomenda que as escolas de samba não sejam tão “agressivas” com questões políticas, para não causar constrangimentos ao Planalto.

*Com informações do Metrópoles 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print

Siga-nos no Facebook

Publicidade

Últimas Notícias