Search
booked.net

Braga libera emenda para obra sem licitação de empresários investigados

Foto: Reprodução

*Da Redação Dia a Dia Notícia 

Uma emenda do senador Eduardo Braga, líder do MDB, está bancando uma obra de R$ 59 milhões contratada sem licitação pelo Ministério dos Transportes no Amazonas. As informações são do Uol.

De acordo com a jornalista Natália Portinari, o recurso da emenda está nas mãos de empresários investigados pela Polícia Federal (PF).

Dessa forma, a Construtora Soma foi escolhida pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), para serviços emergenciais de recuperação da BR-174.

A empresa tem como sócios Mauro Lúcio Mansur da Silva e José Paulo de Azevedo Sodré Neto. Os dois também são donos da empresa de coleta de lixo Tumpex, que em junho deste ano, foram presos por dois dias pela PF na Operação Entulho.

Eles são investigados por lavagem de dinheiro e sonegação fiscal em firmas que prestam serviços à Prefeitura de Manaus.

Segundo a publicação, de acordo com o Dnit, no processo de dispensa de licitação,  foram convocadas empresas do setor próximas ao trecho emergencial e a Soma ofereceu o menor preço.

Por outro lado, a assessoria do senador afirmou que ele não tem responsabilidade pela execução da obra, que é do Dnit.

Sobretudo, a dispensa de licitação na obra na rodovia foi autorizada pela superintendência estadual do Dnit no Amazonas em 28 de dezembro do ano passado. Ou seja, quando foi assinado o contrato, ainda no governo Jair Bolsonaro.

Como resultado, a verba para a obra, porém, só foi liberada em junho deste ano, no governo Lula, através de uma emenda de R$ 27 milhões de Braga.

Entre no nosso Grupo no WhatsApp

Antes de ir, que tal se atualizar com as notícias mais importantes do dia? Acesse o WhatsApp do Portal Dia a Dia Notícia e acompanhe o que está acontecendo no Amazonas e no mundo com apenas um clique

Você pode escolher qualquer um dos grupos, se um grupo tiver cheio, escolha outro grupo.