booked.net

Aeronave cai em SP e mata empresário que viajava a negócios ao Pará

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print
Foto: Corpo de Bombeiros/PMESP

Uma aeronave de pequeno porte que transportava um dos acionistas da empresa Cosan, o empresário Celso Silveira Mello Filho, caiu na manhã desta terça-feira (14). Sete ocupantes estavam no avião e todos morreram.

Além do acionista, que é irmão de Rubens Ometto Silveira Mello, presidente do Conselho de Administração da companhia. Também estavam na aeronave a esposa, Maria Luiza Meneghel, 71, os filhos do casal, Celso, 46, Fernando, 46, e Camila, 48; além do piloto Celso Elias Carloni, 39, e do copiloto Giovani Gulo, 24.

A aeronave caiu e explodiu em um bosque de Piracicaba. Seis viaturas do Corpo de bombeiros estiveram no local para conter as chamas e tentar socorrer as vítimas, mas todos os ocupantes já estavam mortos.

Conforme testemunhas, o bimotor perdeu altura e acabou caindo em uma área de mata no bairro Santa Rosa, depois de se chocar com alguns eucaliptos.

O avião que transportava a família do empresário Celso Silveira Mello Filho decolou do Aeroporto Municipal Pedro Morganti, em Piracicaba, por volta das 9h, e tinha como destino o estado do Pará.

Luciano Almeida (DEM), prefeito de Piracicaba, decretou luto oficial de três dias na cidade. “Lamento profundamente e presto minha solidariedade aos familiares e amigos das vítimas. Ficamos consternados com o acidente e, por isso, decretamos luto oficial no município como forma de prestar nossa homenagem neste momento tão difícil”, afirmou.

Em nota, a Companhia afirmou: “Com enorme pesar, a Cosan informa que o empresário Celso Silveira Mello Filho estava com a família na aeronave King Air 360 que caiu hoje, às 10h, em Piracicaba, causando a morte de todos os ocupantes. Celso era acionista e irmão do presidente do Conselho de Administração da companhia, Rubens Ometto Silveira Mello. Também estavam no avião a esposa de Celso, Maria Luiza Meneghel, seus três filhos, Celso, Fernando e Camila, o piloto Celso Elias Carloni e o copiloto Giovani Gulo”.

O avião, fabricado em 2019, tinha capacidade para transportar até oito pessoas e estava em situação regular para voar, segundo consulta feita pela reportagem do InfoMoney ao Registro Aeronáutico Brasileiro, da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

Cosan S.A. é uma empresa brasileira com negócios nas áreas de açúcar, álcool, energia, lubrificantes, e logística.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print

Siga-nos no Facebook

Publicidade

Últimas Notícias